Cantor sertanejo quer namorada de fachada para esconder que é gay!




O preconceito ainda é tão grande no Brasil que muitos ainda preferem viver escondidos, com medo da reação das pessoas, do que vão pensar ou falar! E há muitos gays no meio sertanejo, pop, rock, rap, funk e em todos os ritmos musicais, só não saem do armário porque ainda vivemos em uma sociedade preconceituosa.

Uma notícia está movimentando o cenário dos cantores sertanejo. Tudo porque um famoso cantor - cujo nome ainda não foi revelado - estaria fazendo de tudo para abafar os rumores de que seja gay.

De acordo com o site Cenário MT, o jovem mantém, sim, um relacionamento com um curitibano e quer evitar que o romance seja exposto. O motivo seria o medo de perder contratos, a fama de pegador e sofrer preconceito.

Haverá uma seleção feita pela equipe do cantor para escolher modelos de diversas cidades para ter um romance fake com o artista. Além de ficar famosa, a garota ainda receberia um salário para ficar no relacionamento por um ano.

Todos sabemos que existem gays em todos os lugares e profissões, mas é no mínimo curioso que até hoje um cantor sertanejo não tenha se revelado gay.

Quem será???

Fonte: ACapa

O Alasca ficou mais colorido


E o casamento gay vai ganhando cada vez mais espaço pelo mundo a fora, a justiça vem garantindo o direito de casamento sem nenhum preconceito, garantindo que pessoas do mesmo sexo possam constituir família legalmente, sem nenhum impedimento da lei.
Em pleno domingo, 12, um juiz federal deixou o Estado mais frio dos Estados Unidos mais colorido. Foi derrubada por lá uma lei de 1998 que dizia que casamento era apenas entre um homem e uma mulher.
Matthew Hamby e Christopher Shelden são um dos cinco casais autores de ação que motivou a decisão a favor do casamento gay no Alasca


O juiz Timothy Burgess afirmou que a constituição local garante proteção individual a todos, independentemente de sexo. A decisão foi motivada por cinco casais homossexuais, que entraram com uma ação contra o Estado em maio.
“Os autores, neste caso, não pediram ao tribunal para reconhecer um direito fundamental inteiramente novo, o casamento do mesmo sexo. Eles pediram sim a participação na liberdade já existente, concedida a outros casais, para fazer uma escolha profundamente pessoal sobre um assunto familiar privado”, escreveu o juiz em sua decisão de 25 páginas.
Fonte: ParouTudo

Ator e diretor Felipe Cabral sai do armário




O ator e diretor Felipe Cabral - que é conhecido pelos curtas Gaydar e Rótulo - assumiu a homossexualidade em seu Facebook e disse que precisava sair do armário para poder ajudar na luta contra a homofobia.

No texto "Eu sou gay e quero um mundo melhor", ele afirma que quer sair do armário em resposta aos vários ataques que a comunidade LGBT vem sofrendo na televisão.

"Tem muito reacionário e conservador achando que pode falar na televisão, nos palanques, o que bem entender sobre mim, sendo totalmente homofóbico e usando a liberdade de expressão como escudo para os seus discursos de ódio. Peraí, isso tem que parar", escreveu, salientando que a homofobia tem que ser considerada crime.

Felipe questiona a votação expressiva de Marco Feliciano e Jair Bolsonaro nas eleições e pede a conscientização dos seguidores. "Eles estão dizendo que eu, Felipe, seu amigo, é errado, pecador, pedófilo, que não merece ter os direitos respeitados que nem meus amigos héteros. Eles foram eleitos por parte da população que pensa que nem eles! É para ter medo, sim".

Ele conta que passou a querer se assumir depois uma viagem internacional, dentre elas Nova York, e voltar ao Brasil. "Passeio pela cidade e vejo trezentos bares gays, vídeos do governo fazendo campanha a favor da comunidade LGBT, um casal de senhoras se casando no meio da praia. Volto pro Rio e tenho que ter medo de levar vassourada na rua? Não, eu mereço ser feliz. Quero uma cidade melhor".

O ator também desabafou sobre os comentários de que só faz filmes gays. "Eu faço filmes sobre o que penso, sobre o que eu sou. Nunca vi ninguém questionar um diretor héteros se ele 'só ia fazer filmes héteros'. Ninguém nunca falou que o Titanic era um filme hétero", frisou o artista, que disse não ter medo de perder trabalhos. "Não sou galã, não estou perdendo contrato milionário. Se dar pinta é um problema, que seja".

"Sair do armário é um ato político, sim, claro, mas mais do que isso, é um gesto de amor comigo mesmo. Esse ano vou lançar meu novo curta "Aceito" e eu prometi que seria o ano que eu diria sim pras coisas. Dizer sim pra mim mesmo é o mais importante", explica.

Fonte: ACapa

Rômulo Arantes todo charmoso

Vivendo o “Robertão” na novela das 21h da TV Globo, “Império”, o ator e modelo Rômulo Arantes Neto tem sido frenquentemente flagrado nas praias cariocas, arrancando suspiros por aí e enchendo os paparazzis de material bom – e bota bom nisso!

Ariano de 27 aninhos, Rômulo começou na TV em 2007, em “Malhação”, foi para a Rede Record e voltou em 2013 para a Rede Globo na novela “Sangue Bom”. Esbanjando um corpo malhado e agora esse cabelo compridinho todo charmoso, confira as fotos do belo e já usa de inspiração para o verão!








E ai galera gostaram dessa seleção de fotos? O Rômulo tá podendo ou não? Pegaria ou passava pros amigos?


Fonte: ÔmegaHitz

Por: Giomário Nunes Torres

Jogador Trey Burke pelado na rede




As pessoas, sejam elas famosas ou não, gostam de tirar fotos exibindo seu corpo nú e em algumas situações de descuido, deixam tais fotos cair na rede e causar muito alvoroço. Alguns negam que estejam nas fotografias outros assumem logo e deixa o povo babando em seus dotes!

Nesta semana, caíram na internet fotos de um jogador de basquete norte-americano, o escolhido desta vez é Trey Burke, de 21 anos, nas fotos Trey aparece completamente nu, peladinho, sem nenhuma roupa cobrindo seu corpo.

O atleta da NBA, que joga pelo Utah Jazz, é gato, possui corpo definido e sempre despertou olhares durante as partidas.

A imprensa internacional diz que os fãs ficaram chocados, mas não é bem isso que podemos ver nos comentários que circulam pelo Brasil e mundo.

Trey afirmou que as fotos são antigas e que lamenta que tenha causado algum constrangimento para a família, colegas, fãs e para o time.

Loucura, loucura, loucura...

Veja:


Para vocês safadinhos, maiores de 18 anos veja a foto sem censura aqui e aqui).

Fonte: ACapa

OAB quer cassar candidatura de Levy Fidélix


Depois de suas declarações homofóbicas no debate entre presidenciáveis transmitido pela TV Record neste domingo (28), Levy Fidelix (PRTB) não deve sair impune dessa. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a também candidata à Presidência da República, Luciana Genro (PSOL), protocolaram uma representação contra Levy no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pedindo uma punição ao candidato, acusando o mesmo de ‘incitar ódio’ ao dizer que os homossexuais são uma minoria que deve ser “enfrentada”.
O deputado federal Jean Wyllys (PSOL), também protocolou uma representação contra o candidato no TSE. Eles afirmam que tal declaração fere a legislação eleitoral no trecho em que proíbe a propaganda “de guerra, de processos violentos para subverter o regime, a ordem política e social ou de preconceitos de raça ou de classes”. A OAB ainda pede que o TSE casse o registro de Fidelix, como um direito de resposta à comunidade LGBT.
Após o seu discurso de ódio, diversos grupos estão se reunindo no Facebook para formalizar denúncias à Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos. É o caso do grupo “Denúncia coletiva contra Levy Fidelix (Lei 10948/01)” e o “Denunciaço contra Levy Fidelix“. No grupo “Denúncia coletiva contra Levy…”, que conta com mais de 19 mil confirmados, você pode preencher um formulário para coleta de dados para realização da denúncia coletiva.

Fonte: Pheeno

Ator Mark Ruffalo retira apoio à Marina

Um dia depois de divulgar um vídeo a favor da candidatura de Marina Silva à presidência, o ator americano Mark Ruffalo, que é conhecido pelo papel de Hulk em “Os Vingadores”, publicou uma carta em seu site oficial retirando seu apoio.
O astro, que recentemente produziu e atuou como um ativista gay no filme “The Normal Heart”, da HBO, sobre o preconceito enfrentado por homossexuais no surgimento da AIDS, nos anos 1980, explicou que “veio a descobrir que a candidata pode ser contra o casamento gay e isso me colocaria em conflito direto com ela.”


No texto, Ruffalo diz que tem “brigado pelo casamento civil igualitário” nos Estados Unidos e que vê o tema como “um reflexo da qualidade do candidato.” “Eu não sabia que essa era a posição dela [Marina Silva] quando fiz o vídeo de apoio. Apenas vi o debate em que ela apoiava o casamento gay e descobri que seu partido retirou o apoio à causa”, explicou. “Não posso, em sã consciência, apoiar uma candidata com uma visão de extrema direita sobre assuntos como casamento gay e direitos de reprodução, mesmo que essa candidata deseje fazer a coisa certa em relação às causas ambientais.”


“Não sou um especialista em política brasileira”, fez um mea culpa. “Mas posso dizer que os direitos das mulheres, dos gays e o meio ambiente são parte de um conjunto de um mundo ao qual desejo pertencer.”
 Se você quiser ler (em inglês) a carta completa de Mark Ruffalo, entre aqui

Fonte: Yahoo!

Quero ser ator pornô gay



O nosso amigo Jonathan Werlingue, morador da cidade de Nova Friburgo no estado do Rio de Janeiro, tem 19 anos e está em busca de uma oportunidade para fazer filmes pornô. 


Jonathan está aberto a propostas de filmes e ensaios sensuais, abaixo segue o vídeo que ele fez com fotos para divulgar e tentar uma chance no mercado de filme pornô gay!

 


Se alguma produtora ou site tiver interesse em ter o Jonathan atuando, pode contatá-lo pelo e-mail: jonathanwerlingue@hotmail.com,
pelo skype: jonathan.werlingue ou celular e whatsapp através do número +55 (22) 99605-6238.

O Grupo Freedom deseja todo sucesso pra você!


O discurso homofóbico de Levy Fidelix


Sem nenhuma chance de vencer esta ou qualquer outro tipo de eleição, o candidato do PRTB, Levy Fidelix, se tornou o assunto mais comentado do debate entre os presidenciáveis no domingo, 28 na TV Record. Este nojento e asqueroso político representa o que há de mais sujo e abominável na política nacional, é tudo de pior em apenas uma pessoa.
Questionado pela candidata do PSOL, Luciana Genro, a razão de pessoas que defendem a família se recusarem a reconhecer as famílias compostas por pessoas do mesmo sexo, Fidelix deu um show de horror repleto de preconceito, discriminação e homofobia em cadeia nacional.

“Tenho 62 anos, pelo que eu vi na vida, dois iguais não fazem filho, e digo mais, aparelho excretor não reproduz”, disse. O homofóbico continuou dizendo que “se começarmos a estimular isso aí [o casamento gay], a população do Brasil vai cair de 200 milhões para 100 milhões. Vai andar pela [Avenida] Paulista pra você ver.”
A nojeira proferida pelo candidato continuou com ele comparando homossexualidade a pedofilia, dizendo que gays deveriam ter tratamento psicológico e declarando guerra aos LGBT: “Somos maioria, vamos combater essa minoria”.
Luciana Genro encerrou a discussão de forma primorosa: “Eu sou a candidata que mais defende a família. Defendo todas as famílias. O importante é que as pessoas se amem.”
O discurso homofóbico de Fidelix refletiu nas redes sociais, onde ele ele foi execrado – a hashtag #LevyVocêÉNojento virou hit – e até na imprensa internacional, virando chamada de reportagem do site do jornal britânico The Guardian.
Como pode um candidato a presidência da república proferir palavras com tamanhas ofensas, carregadas de ódio, um discurso que faz aumentar ainda mais os índices de homofobia em nosso país, como se a violência contra os gays já fosse pouca, pessoa assim como o Levy deve ser banido do convívio em sociedade, pois não aprendeu o mínimo para o bom convívio, este político nojento deveria ser preso e pagar por incitação a violência e ao ódio contra LGBTs.

Fonte: ParouTudo 

#eSEfosseEu



Uma iniciativa para combater a homofobia no Brasil e torná-la crime vem ganhando adeptos no Facebook. O publicitário Gabriel Colombo e o analista de eventos Caio Locci são os criadores da página “#eSEfosseEu“. A campanha consiste em você adaptar a sua foto em falsas notícias de crimes homofóbicos e postar com a hashtag #eSEfosseEU, para que a página divulgue a notícia.
A ideia surgiu depois que Gabriel viu uma reportagem sobre a morte do seu amigo, Caio. Para alívio do rapaz, ele descobriu que a notícia era falsa. Depois do post, que serviu de inspiração, os dois se uniram para criar a campanha no Facebook, que contabiliza mais de duas mil curtidas.

“Todos os dias vejo algum caso de homofobia. Eu mesmo já fui agredido em uma briga de trânsito. Fui xingado de ‘viadinho’ e ‘bicha’ e acabei desacordado no chão”, explica Colombo, que sempre teve vontade de fazer algo a respeito do problema. A ideia é que realmente assuste a quem lê, para assim chamar atenção dos internautas para um crime que aumentou 14,7% nos últimos quatro anos. “Ver alguém conhecido como vítima de um crime assim gera impacto”, diz Colombo.

Fonte: Pheeno